A PAZ,

POR QUE DEUS DEMORA A RESPONDER?

Muitas vezes podemos até sentir que Deus está distante, mas na verdade Ele não está. Ele nos ouve sempre quando O buscamos de coração, porém o fato Dele nos ouvir, não significa que responderá nossos pedidos imediatamente. Pode ser que só veremos a resposta depois de semanas, meses ou até mesmo anos de oração fervorosa. Mas por que Deus faz isso? Será que Ele não percebe a nossa urgência e a dor que sentimos enquanto esperamos? Claro que sim. Na verdade Ele está mais atento do que imaginamos. Nada O pega de surpresa, pois Ele é soberano e sabe a hora exata para tudo acontecer. 
Se confiarmos no Senhor até o fim, Ele não nos deixará tropeçar e nos livrará de grandes problemas. Porém, mesmo que não entendamos a razão da “demora”, devemos continuar confiantes e não agir por conta própria. Certa vez o rei Saul estava tão desesperado por uma resposta que não quis esperar e procurou uma mulher que invocava espíritos para ter a resposta, mesmo sabendo que Deus proibia essa prática. Com isso vemos o quanto sua confiança no Senhor era muito pequena. Quando esperamos em Deus, Ele trabalha em nosso favor e molda o nosso coração em áreas que nem imaginamos.
Quando sabemos que Deus começa a trabalhar à partir do momento em que oramos, ficamos tranquilos e não nos preocupamos sobre quando virá a resposta. É durante o tempo da espera que o Senhor quer saber se vamos perseverar ou não. Muitas pessoas nunca oram e quando decidem orar, ficam o tempo todo olhando para o relógio. Não descansam nem confiam, e caso Deus não responda no tempo delas, logo desistem. É por isso que Jesus contou uma parábola, ensinando que não devemos orar somente uma vez por aquilo que queremos, mas devemos clamar a Deus até que a resposta venha:
“Então Jesus contou aos seus discípulos uma parábola, para mostrar-lhes que eles deviam orar sempre e nunca desanimar. Ele disse: “Em certa cidade havia um juiz que não temia a Deus nem se importava com os homens. E havia naquela cidade uma viúva que se dirigia continuamente a ele, suplicando-lhe: ‘Faze-me justiça contra o meu adversário’. “Por algum tempo ele se recusou. Mas finalmente disse a si mesmo: ‘Embora eu não tema a Deus e nem me importe com os homens, esta viúva está me aborrecendo; vou fazer-lhe justiça para que ela não venha mais me importunar’ “. E o Senhor continuou: “Ouçam o que diz o juiz injusto. Acaso Deus não fará justiça aos seus escolhidos, que clamam a ele dia e noite? Continuará fazendo-os esperar? Eu digo a vocês: Ele lhes fará justiça e depressa. Contudo, quando o Filho do homem vier, encontrará fé na terra?” (Lucas 18:1-8)
Que maravilha! Jesus disse que o Pai nos responderá depressa! Não sabemos porque Ele não nos responde imediatamente, mas sabemos que o tempo Dele é perfeito! Peça para o Senhor mostrar se há algo que precisa ser trabalhado em você ou se simplesmente não chegou a hora. Se você está orando com fé, confiando Nele completamente, não há porque desanimar. Ele fará tudo da melhor forma. Então, mesmo que você não veja ou sinta uma mudança, agradeça-O desde já, pois a Sua vontade é boa, perfeita e agradável.

QUE DEUS O ABENÇOE…