A PAZ,

NÃO TENHO TEMPO, SENHOR!

Uma característica da vida moderna é “não ter tempo”. Corre-se muito, vive-se de modo agitado; O ativismo nos alcança e ficamos sem tempo. Sem tempo para nós mesmos. Sem tempo para Deus. Sem tempo para o lazer. Sem tempo para acolhermos e sermos solidários.
Uma das áreas mais atingidas por esse problema é a vida familiar, cujos membros com suas atribuições, responsabilidades e atividades em particular a internet, que por um lado facilitou a vida de muitos, mas em contrapartida trouxe o isolamento dentro do próprio lar. Ninguém dispõe de momentos para saborear uma refeição juntos, nem aproveitar os finais de semana, não há tempo para para as conversas, os diálogos tranquilos e a troca de idéias.
Falta tempo para os momentos de “adoração” e reflexão sobre a Palavra de Deus. Ora-se pouco, educa-se pouco para a fé dinâmica. Não há tempo para a comunhão, muito menos para a convivência. Muitas vezes, somos estranhos vivendo sob o mesmo teto, pois não nos conhecemos, nem nos respeitamos, com nossas realidades pessoais e nossas diferenças.
Mesmo havendo recursos econômicos e financeiros, isso não basta para a família suprir suas necessidades. Não bastam o conforto, a fartura de bens, brinquedos, computadores; não basta ser liberal com altas mesadas.
Sem diálogo, comunhão, convivência e tempo específico, tudo isso de nada adianta, há filhos que tiveram tudo e vivem insatisfeitos presos ao materialismo desenfreado.
A Palavra de Deus afirma: “Tudo tem o seu tempo certo. Há tempo para todas as coisas”
Aproveite esse mês em que muitas comemorações familiares acontecem, como ponto de partida para aprofundar o relacionamento com seus afins. Seja a graça divina uma fonte de bênção para você e sua família!
Que possamos dizer: TENHO TEMPO, SENHOR!!!

QUE DEUS OS ABENÇOE…